A NOSSA HISTÓRIA

 

Fundado em 1936, o Clube Infante de Sagres, é um dos clubes, nacionais e mundiais, com mais história e reputação na modalidade do Hóquei em Patins. A cidade do Porto é o ponto de partida deste clube que ao longo da sua história, construiu um percurso exemplar, repleto de conquistas e aprendizagens.

 O CIS é um clube aberto à sociedade e ao mundo, que promove a inclusão e a formação, não apenas de jovens da área do Porto e da região norte de Portugal, mas também a mobilização de praticantes de outros pontos do Pais e de origens além-fronteiras. Trata-se de um clube com genética, competências e ambições de referência na modalidade, com uma forte vocação socialmente inclusiva, culturalmente progressista e abrangente, atlantista. O próprio nome e emblema foram concebidos por uma lógica de identificação com a missão, orientações fundamentais e os seus propósitos permanentes. A figura tutelar do Infante Dom Henrique inspira e sempre norteou o espírito de ação e de desenvolvimento do ClS, assim como a sua postura na sociedade, no desporto e no mundo. O Infante Dom Henrique é muito provavelmente a figura nacional com o espírito mais universal e prestigiado de toda a História de Portugal, porventura, até de toda a História Universal. Nasceu no Porto em 1394, mas foi a partir do promontório de Sagres que impulsionou toda a auspiciosa era dos Descobrimentos Portugueses, onde, em 1460, viria a falecer e que o tornara assim conhecido por Infante de Sagres.

Em 1938/39, atingiu um marco importante na história ao alcançar o 1º Vice-Campeonato Nacional da modalidade e, após completar 80 anos de existência, em 2017/18, ascendeu ao maior escalão de hóquei em patins português, a 1ª Divisão Nacional.

O CIS é também um clube que aposta, desde sempre, numa formação construtiva e empenhada, proporcionando aos jovens jogadores, valores e ideologias que os possam apoiar tanto nas competições como na vida. Sendo reconhecido como um dos grandes clubes formadores do país e, principalmente, da zona Norte, tornou-se num clube cheio de reputação de onde saíram alguns dos grandes atletas portugueses, tais como, os irmãos Rendeiro, Gomes da Costa, Félix e duas gerações da Família Castanheira, entre outros como Luís Viana ou o atual melhor jogador do mundo, o espanhol Pedro Gil.